Aprece discute com IJF reforço da rede de hospitais-pólo

Você está em: Home - Notícias - Aprece discute com IJF reforço da rede de hospitais-pólo


Na manhã da última segunda-feira (9), o presidente da Aprece, Gadyel Gonçalves, esteve em audiência com o superintendente adjunto do Instituto Dr. José Frota (IJF), Osmar Aguiar, apresentando uma proposta da entidade para reforçar a rede de hospitais-pólo no interior. O objetivo da mesma é contribuir para o aumento da capacidade de atendimento nessas unidades, diminuindo o número de encaminhamentos ao IJF, maior centro médico de urgência e emergência de nível terciário da rede de saúde pública de Fortaleza.

A ideia central do encontro foi discutir a iniciativa e adquirir apoio para a proposta, que será apresentada em breve ao Governo do Estado. A reunião contou também com a participação de Walter Frota, consultor do hospital; João Ananias, consultor em Saúde da Aprece; e Silmara Brito, analista em Saúde da entidade. Na oportunidade, foram detalhadas as ações priorirtárias da proposta, que passam pelo fortalecimento da rede de Hospitais de Pequeno Porte (HPP) e Hospitais-Polo no interior, aumentando a capacidade resolutiva, conforme necessidade de cada região; e pela ampliação de leitos de retaguarda no Estado, incluindo o incentivo a parceria com os hospitais privados, com ou sem fins lucrativos, pincipalmente leitosde longa permanência, Traumatologia e Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

A proposta da Aprece está baseada numa lógica assistencial, que reforça a integração dos Serviços de Urgência/Emergência em Traumato-Ortopepedia, com o intuito de funcionarem "cinturões de contenção" no entorno dos Hospitais Macrorregionais e Hospitais Terciários. “O foco é no aumento da resolutividade dos hospitais, impactando na agilidade e melhoria dos serviços, que hoje representam grande gargalo e enorme problema e desgaste para os gestores Municipais e Estadual. Além de amenizar o grave sofrimento dos usuários do SUS, que são submetidos a longas esperas, bem como mutilações com sequelas permanentes e óbitos”, explicou João Ananias.

Os representantes do IJF receberam a iniciativa muito bem, elogiando a proposta apresentada e colocando-se a disposição para colaborar com a mesma. Na oportunidade, Gadyel Gonçalves colocou a Aprece a disposição do Instituto para acatar quaisquer sugestões ou colaborações à proposta.

APRECE - Rua Maria Tomásia, 230 - Aldeota - Fortaleza/CE - Fone: (85) 4006-4000 / Fax: (85) 4006-4006