Encontro virtual reúne mais de 170 prefeitos para discutir com o governador medidas de enfrentamento à Covid no Ceará

Você está em: Home - Notícias - Encontro virtual reúne mais de 170 prefeitos para discutir com o governador medidas de enfrentamento à Covid no Ceará


Mais de 170 prefeitos(as) cearenses participaram, na tarde da última quinta-feira (18), de reunião virtual com o governador Camilo Santana para tratar sobre as medidas de enfrentamento à Covid que constam no novo decreto estadual e discutir ações de combate à doença em todo o Ceará.

Durante o encontro, que contou com a ampla mobilização da Aprece, representada na ocasião por seu presidente Júnior Castro; Camilo Santana reiterou a gravidade do atual momento da pandemia no Ceará e a importância do apoio de todos os gestões municipais. O governador pediu a união dos gestores municipais para que as medidas sejam cumpridas, incluindo o toque de recolher entre 22h e 5h.

“O objetivo dessa reunião é alertar aos senhores e senhoras que o momento é grave e precisamos da cooperação de todos. Os números estão crescendo. A situação é grave e preocupante. O decreto lançado ontem (quarta-feira) tem como objetivo diminuir a circulação de pessoas no Estado. O atual momento é diferente do primeiro em que a pandemia chegou primeiro à capital. Essa segunda acontecerá de forma simultânea em todo o estado”, citou o governador.

Em nome dos prefeitos cearenses, o presidente da Aprece, Júnior Castro, solicitou apoio do governo do Estado no controle da circulação de pessoas entre os municípios, citando dificuldades das gestões municipais na implementação das barreiras sanitárias. Solicitou, ainda, que outros prefeitos pudessem apresentar a situação em cada Macrorregião de Saúde do estado, de modo que pudesse ser traçado de forma conjunta com o estado um planejamento de ações, levando em consideração os problemas e as demanda específicas de cada região do Ceará.

O presidente da Aprece também falou sobre o trabalho da entidade, em articulação com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), em busca de apoio da bancada federal cearense para viabilizar recursos que colaborem não só com a compra de insumos, mas com a realização das ações de gestão que se fazem necessárias para o combate à essa segunda onda da Covid.

O governador Camilo Santana afirmou que os municípios podem adotar outras medidas restritivas, caso seja necessário e de acordo com os indicadores sanitários de cada local, para evitar aglomerações e a propagação do vírus. “A única forma que a gente tem de reduzir a contaminação é através das medidas de isolamento social. É reduzindo o fluxo e cumprindo a obrigatoriedade do uso da máscara, utilizando barreiras sanitárias em todos os municípios. Lembrem de colocar a atenção básica para atender a população nos primeiros dias de sintomas, para evitar que se agravem e precisem de uma UTI ou internação no hospital”, apontou o governador.

Durante a reunião, o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, apresentou o panorama das unidades de saúde em todo o estado, e falou sobre o processo de ampliação de leitos de UTI. Até o fim deste mês, a rede de saúde do Estado deve chegar a 703 leitos de terapia intensiva exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid. O gestor também afirmou que realizará, a partir da próxima semana, reuniões regionalizadas com os secretários municipais para tratar sobre os protocolos de atendimento aos pacientes.

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, defendeu que gestores municipais devem unificar o discurso pela preservação da vida, dialogando com a população. “É importante que a gente compartilhe experiências e, acima de tudo, que unifique o discurso da importância de preservar a vida, seguindo a orientação das autoridades sanitárias. Esse é o caminho para combater a pandemia, cumprindo o isolamento, evitando aglomerações, usando máscara, higienizando as mãos”, reforçou.

No final do encontro, o governador agradeceu  aos prefeitos e à Aprece pela cooperação nesse momento difícil para todos. “Vocês são os líderes da população dos seus municípios e são fundamentais para o cumprimento das medidas de isolamento social. Juntos vamos conseguir superar esse desafio”, afirmou.

A vice-governadora Izolda Cela, o presidente da AL, Evandro Leitão, e os secretários Chagas Vieira (Casa Civil) e Dr. Cabeto (Saúde) também participaram do encontro.


19 de fevereiro de 2021


APRECE - Rua Maria Tomásia, 230 - Aldeota - Fortaleza/CE - Fone: (85) 4006-4000 / Fax: (85) 4006-4006