Cooperação Internacional

Você está em: Home - Núcleo Técnico - Cooperação Internacional


A cooperação descentralizada vem se afirmando em âmbito internacional como um fator preponderante no processo de democratização. A valorização das cidades como espaço para a cooperação tornou-se primordial na política das relações internacionais.

As redes internacionais de cidades tem sido instrumento estratégico para a inserção dos governos locais, para o incremento da cooperação internacional descentralizada, assim como um meio para inserir a agenda dos poderes locais no cenário mundial.

Nesse sentido é que redes de cidades buscam intensificar a participação das autoridades locais nos rumos e decisões de modo que impactem em bloco, no desenvolvimento das mesmas.

Quanto às associações de municípios, estas por se credenciarem pelo importante alcance global em defesa de múltiplos temas e assuntos de interesse dos governos locais têm papel preponderante em desencadear esse processo junto às administrações municipais.

Assim é que a APRECE, passou a desenvolver ações concretas nesse sentido visando, sobretudo contribuir no:

– Estabelecimento das relações de cooperação técnica internacional;

– Ampliação do comércio exterior das micro pequenas e médias empresas;

– Ampliação de alternativas para a geração de emprego e renda para a população;

– Intercâmbio das chamadas "boas práticas", abrindo assim espaço para que localidades ao redor de todo o mundo entrem em contato e dialoguem nessa perspectiva, ou seja, no desenvolvimento dos municípios cearenses.

Hoje a APRECE desenvolve parcerias de cooperação internacional com:

– Israel, como parceira do projeto do “Centro Tecnológico para o Desenvolvimento Rural Sustentável”, que promove o estabelecimento de um Centro Tecnológico de Referencia para Formação Profissional, Pesquisa Aplicada e Extensão Rural na Fazenda Normal da Ematerce em Quixeramobim. A ideia é reunir um grupo de instituições e empresas israelenses com tecnologias complementares /soluções / produtos do setor agrícola, de tecnologias de água e ambientais.

 

Áreas de atuação

Transição para Agricultura e Pecuária de base Agroecológica;

Desenvolvimento Territorial;

Segurança e Gestão Hídrica;

 

Parcerias

Ministério Israelense da Indústria e Comércio/EMATERCE – Implantação do Centro de Referência Tecnológica para a Convivência com o Semiárido.

Universidade Federal do Ceará/Centro de Ciências Agrárias (UFC/CCA) – Participação no Programa Residência Agrária – Curso de Especialização em Agricultura Camponesa, Extensão Rural e Agroecologia.

 

Trabalhos Realizados

Elaboração de projeto no SICONV (Plano de Trabalho e Termo de Referência) para aquisição de ETAs móveis como solução alternativa ao carro-pipa (vetor de contaminação) no tratamento e distribuição de água;

Estabelecimento de um Centro Tecnológico de Referência para Formação Profissional, Pesquisa Aplicada e Extensão Rural para o Desenvolvimento Rural Sustentável e a Convivência com o Semiárido no Estado do Ceará (tecnologias ambientais de tratamento e reuso de água e tecnologias de produção agropecuária).

Elaborar e aprovar, em parceria com a EMATERCE, o Projeto Técnico referente à implantação do Centro Tecnológico de Referência.

Governo Israelense (Ministério Israelense da Indústria e Comércio e Ministério da Agricultura), universidades, instituições, empresas e indústrias envolvidas com agronegócio verde, tecnologias de água e energias renováveis. Parcerias com a ADECE, EMATERCE e CAGECE.

 

Responsável:

Nicolas Fabre

Analista de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente e Coordenador de Cooperação Técnica Internacional

Contato: (85) 4006. 4021

Contato: (85) 99917.1015

Email: nicolas@aprece.org.br

Engenheiro Agrônomo pela Escola Superior de Engenharia em Agricultura de Purpan (ESAP, Toulouse, França) e Mestre em Sistemas Agrários e Desenvolvimento Rural pelo Instituto Nacional de Agronomia (INA-PG, Paris, França). Atuou como Assessor Estadual de Agroecologia da EMATERCE, Assessor Estadual de Agroecologia e Coordenador de Projetos de Estudos e Pesquisas na Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará – SDA / Instituto Agropolos. Atualmente é Analista de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente e Coordenador de Cooperação Técnica Internacional na Associação dos Municípios do Estado do Ceará – APRECE, professor convidado do Programa Residência Agrária – Curso de Especialização em Agricultura Camponesa e Agroecologia na Universidade Federal do Ceará – UFC e orientador técnico nos cursos Residência Agrária/UFC (Especialização), PRODEMA/UFC (Mestrado), Agronomia/UFC (Graduação), Engenharia de Pesca/UFC (Graduação). Presta ainda consultoria para o Instituto InterAmericano de Cooperação para a Agricultura – IICA e para a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, no Prêmio Nacional de Qualidade em Saneamento – PNQS.

APRECE - Rua Maria Tomásia, 230 - Aldeota - Fortaleza/CE - Fone: (85) 4006-4000 / Fax: (85) 4006-4006