Reabertura avança em novo decreto do Governo do Estado

Você está em: Home - Notícias - Reabertura avança em novo decreto do Governo do Estado


Em transmissão ao vivo pelas redes sociais na noite da última sexta-feira (30), o governador Camilo Santana informou que o novo decreto permitirá novo avanço no processo de flexibilização das atividades econômicas no Ceará, com a liberação parcial do comércio de rua e de shoppings também aos fins de semana. O anúncio foi feito após reunião virtual com o comitê formado por profissionais de Saúde, presidentes do Tribunal de Justiça e Assembleia Legislativa, e Ministério Público Estadual, Federal e do Trabalho, e a prefeitura de Fortaleza. Na ocasião.do anúncio estava presente o secretário da Saúde do Estado, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), e o novo decreto passa a valer a partir de segunda-feira (3).

Entre as novas medidas anunciadas estão: igrejas autorizadas para atividades presenciais com 10% da capacidade também no fim de semana; e novos horários para as atividades comerciais detalhadas no texto do decreto no Diário Oficial do Estado, com até 25% da capacidade, em horários diferenciados, aos sábados e domingos: das 10h às 15h ou das 12h às 17h. Dentre elas: comércio de rua (10h às 15h) e shopping (12h às 17h), restaurantes de rua (10h às 15h) e de shopping (12h às 17h), com um toque recolher tanto no sábado quanto domingo, às 19 horas.

Lembrando que o toque de recolher continua diariamente, das 20h às 5 horas na semana, e, as atividades comerciais continuam autorizadas a funcionar com até 25% da capacidade, em horários diferenciados, das 10h às 16h ou das 12h às 18h. Dentre elas: comércio de rua (10h às 16h) e shopping (12h às 18h), restaurantes de rua (10h às 16h) e de shopping (12h às 18h).

O governador detalhou que a continuidade do processo de reabertura depende do comportamento das pessoas, e que todos respeitem as recomendações sanitárias previstas. “Vamos iniciar um processo de reabertura também no final de semana, para que a gente possa continuar avançando e melhorando na reabertura, mas nós vamos depender muito do comportamento das pessoas, que estejam conscientes tanto aqueles do comércio, quanto o público consumidor, que é fundamental respeitar as orientações sanitárias, usar a máscara, evitar aglomeração, respeitar os horários de funcionamento, por isso nós vamos ampliar as fiscalizações para que possamos garantir o nosso objetivo, que é avançar com segurança e responsabilidade, para que cada vez mais os números possam cair e diminuir em relação a pandemia”, projetou Camilo.

 

No novo decreto, a ser publicado no Diário Oficial do Estado neste sábado (1), há uma recomendação para que alguns municípios cearenses tomem posicionamentos específicos e mais rigorosos, dependendo da situação de cada um.

Já o titular da Sesa, Dr. Cabeto, apresentou os números da pandemia no Estado e ressaltou que no momento continuamos com um platô de uma pequena redução de casos e nos óbitos, assim como em procura médica assistencial. “Chegamos a fazer 600 atendimentos por dia entre janeiro, fevereiro e março, e hoje conseguimos baixar para cerca de 200 atendimentos por dia. Assim como a taxa de mortalidade também reduziu de forma considerável, por conta da qualidade do atendimento, da qualificação dos profissionais de saúde, além da capacidade de expansão no número de leitos no Ceará. Temos indicadores melhores, mas ainda não temos uma situação totalmente segura, pois continuamos percebendo erros como não aderir o uso de máscara, pessoas promovendo aglomeração, e festas clandestinas, e todos esses fatos podem geram novos surtos”, apontou o secretário, que informou que o Estado ainda não possui um numero significativo de vacinados para uma reabertura maior.

Vacinometro

Até o momento, o Ceará recebeu, por meio do Programa Nacional de Imunização, 2.622.350 doses de vacinas contra Covid-19. Segundo o Vacinômetro da Sesa, até a última quinta-feira (29), 2.031.214 doses já foram aplicadas em todo o Ceará. Com isso, 1.330.833 cearenses receberam a primeira dose, e 700.381 já foram imunizados com a segunda dose.

“Recebemos quinta-feira (29) o 16º lote de vacinas e nesta sexta-feira (30) já distribuímos a todos os municípios cearenses. Importante registrar que houve um atraso no envio da coronavac/butantan, por conta do não recebimento de insumos da China, mas que deverão ser normalizados em maio. Eu e o Dr. Cabeto conversamos com o ministro da saúde e colocamos a importância que temos de ampliar o recebimento de vacinas. Nós não vamos descansar enquanto todos os cearenses não forem vacinados, por isso o Estado tem feito contato com outros laboratórios, inclusive na China, para que a gente possa acelerar esse processo de vacinação”, garantiu Camilo.

 

Mais de 5 mil leitos

O Governo do Ceará segue entregando diariamente novos leitos exclusivos para atender a pacientes com Covid-19. Camilo listou que o sistema estadual de saúde e suas unidades de saúde conveniadas contam com um total de 5.102 leitos exclusivos, sendo 3.765 de enfermaria e mais 1.337 leitos de UTI, um aumento de 72,89% de ofertas de leitos em relação ao pico da pandemia no ano passado.

O governador lembrou da importância dessas novas estruturas em hospitais e unidades de saúde, que hoje atendem aos casos de Covid, que em breve estará entregando mais hospitais de campanha e outras unidades de saúde no Ceará.

Cuide de quem você ama

Camilo terminou fazendo um apelo aos cearense, para que pratiquem a prevenção de forma correta, e lembrou também que todas as decisões do Governo do Ceará serão divulgadas apenas pelos canais oficiais do Estado, e nas redes sociais do governador. “Muitas vezes a gente fica decepcionado com a maldade de algumas pessoas, que todo dia inventam mentiras e promovem fake news nas redes sociais, tentando desinformar a população do Estado, mas nós aqui estamos trabalhando com muita transparência e sempre levando em consideração a ciência e os especialistas da saúde. Vamos continuar cuidando de si e do próximo, protejam as pessoas que você ama, e a única forma de fazer isso é praticar a prevenção. É usar a máscara, respeitar o distanciamento social, evitar aglomeração, só sair de casa para o estritamente necessário, não façam festas, não pense que a doença não chega em você, ela chega, nós temos vistos muitos jovens internados ou morrendo, por isso eu peço que todos se cuidem, vamos juntos superar esse momento desafiador”, finalizou Camilo Santana.

Fonte: Governo do Estado


3 de maio de 2021


APRECE - Rua Maria Tomásia, 230 - Aldeota - Fortaleza/CE - Fone: (85) 4006-4000 / Fax: (85) 4006-4006